|
  • Bitcoin 144.683
  • Dólar 4,9690
  • Euro 5,2100
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 24/02/2022, 20:28

Conselho de Segurança da ONU quer votar resolução contra a Rússia, que tem poder de veto

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Conselho Nacional de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) vai votar nesta sexta-feira (25) uma resolução para condenar a invasão da Rússia contra a Ucrânia e pedir que o presidente russo, Vladimir Putin, retire imediatamente suas tropas do país vizinho, de acordo com um oficial do governo americano ouvido pelo The New York Times.

Um diplomata europeu, também ouvido pelo New York Times, afirmou que a resolução, escrita e liderada pelos Estados Unidos, diz que "a Rússia não pode continuar invadindo seus vizinhos" e "reafirma a soberania e a independência da Ucrânia".

O documento foi escrito a partir da Carta da ONU, que dá ao conselho -formado por 15 países, o Brasil entre eles- o poder de agir quando a segurança mundial está ameaçada. O documento, no entanto, pode ser apenas simbólico, já que a Rússia faz parte dos cinco países com poder de veto sobre as decisões votadas no Conselho. O veto ainda pode vir de países como a China, aliada da Rússia, que também pode se abster da votação.

Esta, no entanto, é uma maneira de demonstrar a Putin que, caso a Rússia dê prosseguimento aos ataques à Ucrânia, seu isolamento político e econômico será inevitável, ainda segundo os oficiais ouvidos pela reportagem.