|
  • Bitcoin 104.165
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 11/03/2022, 10:10

Congresso dos EUA aprova gastos de US$ 1,5 trilhão com US$ 13,6 bilhões de ajuda à Ucrânia

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 11 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Congresso dos Estados Unidos aprovou na noite de quinta-feira (10) projeto de lei que prevê gastos de US$ 1,5 trilhão para o ano fiscal, com US$ 13,6 bilhões de ajuda à Ucrânia.

"A lei bipartidária de gastos prova mais uma vez que membros dos dois partidos podem se juntar para entregar resultados ao povo americano", disse a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki. "Ela vai reduzir custos para famílias e negócios, apoiar a recuperação econômica e fazer avançar a liderança americana no exterior."

Psaki afirmou que o presidente Joe Biden espera promulgar a lei e seu "apoio histórico ao povo ucraniano enquanto eles defendem seu país e a democracia". Com apoio dos partidos Democrata e Republicano, depois de cinco meses de negociação, o texto deve ser sancionado pelo presidente Joe Biden.

A ajuda à Ucrânia prevista na lei comporta financiamento de munições e outros suprimentos militares, além de apoio humanitário.

O orçamento vai financiar o governo federal até setembro, quando termina o ano fiscal americano. Além da ajuda à Ucrânia, a lei garante verba a programas que são prioridade para os democratas, como a restituição de um programa contra a violência doméstica, e também aumenta o gasto militar em US$ 42 bilhões, para um total de US$ 782 bilhões -demanda dos republicanos.

Se a lei não fosse aprovada no Congresso até esta sexta-feira (11), agência federais do governo americano começariam a suspender seus programas considerados não essenciais.