|
  • Bitcoin 147.497
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1544
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 02/03/2022, 18:01

Comitiva do movimento negro brasileiro vai à posse de Boric no Chile

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 02 de março de 2022

MÔNICA BERGAMO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma comitiva formada por organizações do movimento negro brasileiro está a caminho do Chile para comparecer à posse do presidente chileno eleito, Gabriel Boric, no dia 11 deste mês. Ao todo, foram destacadas 15 pessoas para a viagem.

A diretora do Instituto Marielle Franco, Anielle Franco, foi convidada pessoalmente para a cerimônia de posse de Boric. Além dela, também devem ir à solenidade o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, e o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB).

Composta por integrantes de organizações como o Instituto Marielle Franco, a Uneafro Brasil e a Casa Sueli Carneiro, a comitiva do movimento negro também tem reuniões marcadas com deputados constituintes chilenos.

Antes de chegar a Santiago, o grupo desembarca na Colômbia nesta quarta-feira (2) para se reunir com autoridades, movimentos sociais e organizações da sociedade civil.

Os enviados planejam abordar temas como o avanço de pautas progressistas nos dois países vizinhos, como a descriminalização do aborto na Colômbia, e a maior participação na política de grupos sub-representados.

"É uma oportunidade de aprender com as mulheres negras colombianas estratégias de comunicação e mobilização para a construção de uma candidatura feminina e negra à Presidência, fato ainda inédito para nós no Brasil", afirma a coordenadora política do Movimento Mulheres Negras Decidem, Tainah Pereira.