|
  • Bitcoin 104.386
  • Dólar 5,3307
  • Euro 5,5760
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 24/02/2022, 16:15

Bolsonaro diz estar empenhado em proteger brasileiros na Ucrânia, mas não comenta conflito

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

MARIANNA HOLANDA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em sua primeira e única manifestação até o momento sobre a invasão da Ucrânia pela Rússia, o presidente Jair Bolsonaro (PL) evitou comentar o conflito em si, e disse apenas estar "totalmente empenhado" em proteger brasileiros na região.

"Estou totalmente empenhado no esforço de proteger e auxiliar os brasileiros que estão na Ucrânia", disse no Twitter. "Nossa Embaixada em Kiev permanece aberta e pronta a auxiliar os cerca de 500 cidadãos brasileiros que vivem na Ucrânia e todos os demais que estejam por lá temporariamente."

Em seguida, reproduziu nota da Embaixada do Brasil em Kiev, apenas com orientações para brasileiros na região.

"Solicita-se aos cidadãos brasileiros em território ucraniano, em particular aos que se encontrem no leste do país e outras regiões em condições de conflito, que mantenham contato diário com a Embaixada", diz o texto.

A nota compartilhada por Bolsonaro não trata sobre o conflito em si. O Itamaraty já se manifestou a respeito da invasão mais cedo, ao dizer que o governo brasileiro "acompanha com grave preocupação a deflagração de operações militares".