B3 abre escritório na Ásia


JOANA CUNHA
JOANA CUNHA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A B3 prepara expansão internacional para a Ásia com a abertura de um escritório comercial em Cingapura. Será o terceiro ponto de atuação da Bolsa brasileira no exterior, depois de Chicago e Londres.

O executivo que vai ficar à frente do escritório é Sérgio Gullo, diretor de desenvolvimento de negócios internacionais, que liderou a operação da B3 em Londres por cerca de dez anos, de onde cobria Europa e Ásia.

Agora, a ideia é fortalecer a aproximação com as Bolsas asiáticas e mapear o potencial de novos clientes interessados em investir nos ativos brasileiros. A localização foi escolhida para facilitar o acesso a mercados como Austrália e Índia também.

De acordo com os dados da B3, hoje, os estrangeiros representam 48% do volume do mercado de ações brasileiro e 47% no mercado de derivativos. E as ações à vista estão entre os produtos mais negociados pelos asiáticos na B3.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo