|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

TRAGÉDIA 5m de leitura Atualizado em 07/11/2021, 16:04

Avião que caiu com Marília Mendonça é retirado de cachoeira

Um guincho foi utilizado para puxar o avião de dentro da cachoeira, em Minas Gerais

PUBLICAÇÃO
domingo, 07 de novembro de 2021

Giulia Fontes - Folhapress
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Os destroços do avião que levava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas foram retirados neste domingo (7) do local do acidente, que fica na zona rural de Piedade de Caratinga, em Minas Gerais. A operação foi realizada por uma empresa da região. Foram utilizados um guincho de arrasto de 200 toneladas, para puxar o avião de dentro da cachoeira, e um caminhão.

Avião caiu a dois quilômetros do aeródromo, na sexta-feira
Avião caiu a dois quilômetros do aeródromo, na sexta-feira |  Foto: Corpo de Bombeiros MG/AFP
 

A aeronave é da empresa PEC Táxi Aéreo. Em nota divulgada em seu site, a empresa disse "lamentar profundamente o acidente" e afirmou que as causas da tragédia "são incertas e serão devidamente apuradas pelas autoridades aeronáuticas".

O acidente aconteceu na última sexta-feira (5). O avião havia partido de Goiânia (GO) e seguia para Caratinga (MG), cidade em que a cantora faria um show para oito mil pessoas. Além de Marília, também morreram o produtor Henrique Ribeiro; o tio da artista, Abicieli Silveira Dias Filho; o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto Tarciso Pessoa Viana.

A Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) confirmou que a aeronave atingiu um cabo de alta tensão antes de cair, a apenas dois quilômetros do aeródromo. Pilotos haviam relatado a existência de uma antena e uma torre de energia sem iluminação próximos ao aeródromo de Caratinga. Segundo a Cemig, porém, os equipamentos estão fora da zona de proteção do aeródromo, ou seja, não são irregulares.

As causas do acidente estão sendo apuradas pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). Os investigadores devem conversar com testemunhas e também fazer análises de partes da aeronave. A FAB (Força Aérea Brasileira) afirma que a apuração será feita "no menor prazo possível".

O velório de Marília Mendonça aconteceu no sábado (6), na Goiânia Arena, e atraiu uma multidão de fãs. Outros cantores, como Luísa Sonza, Maiara e Maraisa e Henrique e Juliano também foram prestar suas últimas homenagens. Depois, o corpo foi levado em um cortejo até o cemitério Parque Memorial Goiânia, onde foi enterrado.

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM