|
  • Bitcoin 144.525
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 29/03/2022, 16:30

Arthur do Val filia-se ao União Brasil e pode ser candidato a deputado federal se escapar da cassação

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 29 de março de 2022

FÁBIO ZANINI
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Menos de um mês após o vazamento de áudios de teor sexista sobre as mulheres ucranianas, o deputado estadual Arthur do Val, o Mamãe Falei, filiou-se ao União Brasil. Ele estava sem partido desde que deixou o Podemos em razão do escândalo.

A filiação deixa aberta a possibilidade de que ele se candidate na eleição de outubro, caso escape do processo de cassação que sofre no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa.

O cenário mais forte nessa hipótese seria tentar um mandato de deputado federal. Lideranças do União Brasil e do MBL (Movimento Brasil Livre), ao qual ele continua ligado na prática, avaliam que Do Val mantém bom potencial de voto, apesar da divulgação dos áudios em 4 de março, que o fizeram desistir da candidatura ao governo de São Paulo.

A negociação vem sendo conduzida pelo MBL, já que o deputado tem se dedicado à sua defesa. Outros integrantes do movimento também trocaram recentemente o Podemos pelo União Brasil para disputar a eleição.

O MBL tem a expectativa de que conseguirá uma pena menor para Do Val, como uma censura ou suspensão do mandato. Nesses casos, diferentemente da cassação, os direitos políticos estarão preservados.

Os defensores do parlamentar citam como um dos argumentos o caso do deputado Fernando Cury (sem partido), que em 2020 apalpou em plenário o seio da colega Isa Penna (PC do B) e não foi cassado.

Nos áudios, enviados a amigos, o deputado diz que as ucranianas são "fáceis" de pegar por serem pobres e que a fila de refugiados da guerra tem mais mulheres bonitas do que a "melhor balada do Brasil", entre outros pontos.