|
  • Bitcoin 144.683
  • Dólar 4,9690
  • Euro 5,2115
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 28/03/2022, 15:41

Arrecadação federal cresce 5,27% em fevereiro e chega a recorde de R$ 148,7 bi

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 28 de março de 2022

IDIANA TOMAZELLI
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Receita Federal registrou uma arrecadação de R$ 148,7 bilhões no mês de fevereiro, o que representa um crescimento de 5,27% na comparação com igual mês de 2021, já descontada a inflação.

Esse é o melhor resultado para o mês na série histórica atualizada pelo IPCA, iniciada em 1995. Ainda assim, o dado representa uma desaceleração em relação ao mês de janeiro, quando a arrecadação cresceu 18%.

Segundo a Receita, a alta nas receitas em fevereiro vem da melhora na atividade econômica na comparação com um ano atrás -com mais vendas em serviços e maior valor em dólar das importações.

Com o desempenho, a arrecadação acumula uma alta real de 12,92% no primeiro bimestre do ano. O resultado soma R$ 384 bilhões.

O desempenho favorável das receitas tem levado o governo a revisar suas projeções para o ano de 2022. Na última terça-feira (22), o Ministério da Economia cortou sua projeção de déficit para o ano para R$ 66,9 bilhões, mesmo com os cortes de tributos anunciados recentemente.

Na previsão para o ano, houve um crescimento de R$ 87,5 bilhões na projeção de arrecadação, puxado principalmente pelo maior volume de receitas com royalties de petróleo (alta de R$ 38,6 bilhões), dividendos de empresas estatais (acréscimo de R$ 12,9 bilhões) e concessões (aumento de R$ 11,2 bilhões).

Desse incremento, aproximadamente R$ 42 bilhões serão apropriados pela União. O restante é repartido com estados e municípios.