|
  • Bitcoin 102.027
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5592
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 05/03/2022, 16:36

Apresentadora da Jovem Pan quer enviar recurso a mulheres na Ucrânia após áudios de Arthur do Val

PUBLICAÇÃO
sábado, 05 de março de 2022

JOANA CUNHA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois da divulgação dos áudios sexistas de Arthur do Val dizendo que as mulheres ucranianas "são fáceis porque são pobres", a empresária e apresentadora da Jovem Pan Fabi Saad abriu uma vaquinha online para ajudar mulheres vítimas do país invadido pela Rússia.

A iniciativa é uma resposta às falas do deputado estadual durante a viagem da qual retornou neste sábado (5).

Conhecido como Mamãe Falei, ele embarcou para a Ucrânia na semana passada dizendo que o objetivo era conversar com a população. A expedição tinha um contexto político de oposição ao posicionamento de Bolsonaro no conflito.

Saad afirma que, diferentemente dos financiamentos coletivos levantados pelo deputado, ela pretende fazer essa arrecadação para enviar recursos a entidades sérias e capazes de promover ajuda verdadeira a mulheres.

"Ele é perigoso e raso. Ele julga a mulher porque ela não tem poder aquisitivo. Isso assusta. Ele coloca o corpo da mulher em uma situação de quem está à disposição das pessoas dependendo do recurso que ela tem ou não. Isso deprime. [Nos áudios], Ele fala 'estou mal, estou mal'. O cara está mal se a mulher é bonita ou não, se está fácil ou não? Que ser humano é esse? Tem que estar mal é pela situação da guerra", diz ela.

Saad afirma que a iniciativa, que teve o apoio do empresário Alberto Leite, da FS Security, será realizada por meio de seu aplicativo Mulheres Positivas, movimento de apoio ao desenvolvimento pessoal e profissional feminino com capacitação e vagas de emprego, que tem o mesmo nome de seu programa de entrevistas.

A meta é alcançar R$ 3 milhões.

Após a repercussão negativa do caso, neste sábado (5), o deputado estadual retirou a sua candidatura ao Governo de São Paulo pelo Podemos e pediu desculpas dizendo que foi "um erro num momento de empolgação".