|
  • Bitcoin 124.566
  • Dólar 5,0950
  • Euro 5,2652
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 09/03/2022, 20:26

Aposentado chamado de 'Terror do INSS' é homenageado pelo governo federal

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 09 de março de 2022

CRISTIANE GERCINA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após viralizar na internet com a foto da comemoração de seu aniversário, o aposentado Andrelino Vieira da Silva, chamado de "terror do INSS" pela família, foi homenageado pelo governo na última segunda-feira (7). Silva recebeu uma placa parabenizando-o.

"É um grande orgulho ter o senhor como beneficiário do INSS. São 121 anos de uma história que ultrapassa a própria existência da Previdência Social do Brasil e merece ser celebrada. Essa homenagem é um sinal de nosso carinho, respeito e admiração. Parabéns! Forte abraço", diz a mensagem, assinada pelo presidente do INSS, José Carlos Oliveira, e pelo ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni.

O aniversário do aposentado é celebrado em 3 de fevereiro. Para comemorar a data, a família fez um bolo temático com o símbolo da Previdência Social. A vela mostra que ele estaria completando 121 anos. No topo de bolo está escrito "O Terror do INSS".

A foto, publicada nas redes sociais de uma das netas, viralizou. Segundo a assessoria de imprensa do INSS, foi neste momento que o presidente do instituto e o ministro do Trabalho e Previdência resolveram prestar a homenagem para destacar que o segurado não é um terror, mas sim o motivo pelo qual os servidores trabalham.

Silva é morador de Aparecida de Goiânia (GO), que fica a 20 km de Goiânia, e a 912 km da cidade de São Paulo. Segundo a família, ele nasceu em fevereiro de 1901. O aposentado tem filhos, netos, bisnetos e até tataraneto.

A Previdência, com o modelo de liberação de benefícios muito similar ao que conhecemos hoje, foi criada em 1954, no governo de Getúlio Vargas, ou seja, tem 68 anos. Desde então passou por diversas mudanças e reformas, como a de 2019, que instituiu idade mínima nas aposentadorias do INSS para todos os novos segurados.

HOMENAGEM FOI FEITA A DISTÂNCIA

Segundo a assessoria de imprensa do INSS, a placa foi enviada para o segurado e um vídeo também foi endereçado à família, por meio de uma das netas. Com a pandemia de Covid-19 e pela idade do aposentado, o órgão julgou ser prudente fazer tudo a distância.

O ministro e o presidente do INSS decidiram não se deslocar até Aparecida de Goiânia e também optaram por não levar o aposentado até a sede do instituto para receber a homenagem para manter sua saúde em segurança.