Após chegar a 100% dos adultos, meta é vacinar todos os adolescentes de SP, diz secretário


MÔNICA BERGAMO
MÔNICA BERGAMO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de São Paulo atingiu o percentual de 100% dos adultos com duas doses ou dose única de vacina. No total, mais de 9,4 milhões de pessoas receberam o imunizante contra a Covid-19.

Segundo o secretário municipal Edson Aparecido, a contagem regressiva começou às 17h, quando ainda faltavam 5.093 doses para que o esquema fosse completado. Às 19h, diz ele, o número foi atingido.

Foram aplicadas 56.824 doses nesta quarta —a maioria do imunizante da Pfizer, ou 50.547 doses. A Coronavac chegou aos braços de 1.975 paulistanos, e a AstraZeneca, de 4.292.

"A cidade dá uma demonstração de maturidade para o mundo, vacinando a totalidade do público-alvo", afirma Edson Aparecido.

É mais de 80% da população.

"O próximo passo será vacinar todos os adolescentes acima de 12 anos. Vamos às escolas públicas a partir de amanhã (25), todas as terças e quintas, para aplicar as doses", segue ele.

A expectativa é que o município, com a vacinação dos adolescentes, chegue a 95% da população vacinada até o fim do ano.

De acordo com o consórcio de veículos de imprensa, que reúne informações diariamente com as secretarias de Saúde estaduais, o estado de São Paulo lidera o ranking de vacinação de pessoas acima dos 18 anos.

Nesta quarta (24), o governador João Doria (PSDB) anunciou a flexibilização do uso das máscaras em ambientes abertos a partir do dia 11 de dezembro no estado de São Paulo. A medida foi atribuída à queda no número de casos e mortes em decorrência da Covid-19.

Doria disse que, no entanto, o uso da proteção facial seguirá obrigatório em ambientes fechados e nas estações de transporte público, mesmo que sejam em áreas abertas.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo