|
  • Bitcoin 154.749
  • Dólar 5,0611
  • Euro 5,2838
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 28/03/2022, 11:08

Ana Maria Braga surge de onça ao vivo para estreia de 'Pantanal'

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 28 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A apresentadora Ana Maria Braga, 72, começou o programa Mais Você (Globo) nesta segunda-feira (28) fantasiada de onça celebrando a estreia da novela "Pantanal", remake do clássico de 1990 que chega também nesta segunda à tela da emissora.

Além do cenário decorado com toalhas com estampa de onça e bonecos de pelúcia do animal, a apresentadora estava maquiada como uma onça pintada e também vestindo um look com a estampa das pintas, e até mesmo o convidado do programa, Bruno Astuto, foi vestido com a estampa de onça.

"Como vou fazer uma ponta na novela 'Pantanal', que estreia hoje, eu vim a caráter", disse Ana Maria. Nas redes sociais, fãs e internautas se divertiram com o estilo da apresentadora nesta manhã. "Isso é o que digo: amar o que faz. Ana Maria é maravilhosa, é sem limites!", escreveu um.

"Gente a Ana Maria Braga toda de onça ao vivo 9:30 da manhã, essa energia", escreveu outro. "Ana Maria Braga vestida de oncinha meu Deus", apontou uma terceira. "Enquanto isso, Ana Maria Braga vestida de onça no Mais Você para divulgar 'Pantanal'. Nosso maior tesouro", disse outra.

Recentemente, a apresentadora apareceu em seu Instagram utilizando uma bolsa de botijão de gás. "Bolsa de luxo", escreveu na legenda. As hashtags usadas pela apresentadora deixam claro que se trata de mais uma crítica aos novos preços dos produtos no Brasil. Uma delas, inclusive, diz: "O Brasil piorou".

No iníco de março, o preço médio do botijão chegou a R$ 150 e os revendedores passaram a parcelar o valor em até dez vezes no cartão de crédito, segundo Robson Carneiro dos Santos, presidente do Sergás (Sindicato das Empresas Revendedoras de Gás).

Anteriormente, Ana Maria já havia apresentado o Mais Você com um colar de cenouras para protestar contra os preços abusivos do vegetal e de outros alimentos.