|
  • Bitcoin 142.278
  • Dólar 4,8106
  • Euro 5,1491
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 24/02/2022, 21:17

Americanas amplia prazo para troca de produto depois de ataque hacker

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

DANIELE MADUREIRA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Americanas.com, site e aplicativo do grupo varejista Americanas que enfrentou quatro dias consecutivos de ataque hacker, entre 19 e 23 de fevereiro, informou nesta quinta-feira (24) que vai ampliar os horários de atendimento para o público, assim como o prazo para troca e assistência técnica de produtos.

A empresa havia sido alvo de reclamações nas redes sociais desde sábado (19), quando a Americanas.com saiu do ar e os consumidores ficaram sem acessar o rastreamento de produtos, não receberam a confirmação de compras que tinham acabado de fazer, nem conseguiam entrar em contato com as centrais de atendimento da companhia, conforme apontou reportagem do jornal Folha de S.Paulo.

Outros sites do grupo -Submarino, Shoptime e Sou Barato- também foram alvo do ataque. Desses três, apenas o Submarino voltou ao ar no dia 23, junto com Americanas.com. Até a noite desta quinta-feira (24), Shoptime e Sou Barato continuavam inoperantes.

"Com o restabelecimento gradual dos ambientes de e-commerce, os canais de atendimento da Americanas foram normalizados, depois de ficarem fora do ar devido ao incidente de segurança do qual a companhia foi vítima. Para minimizar qualquer prejuízo ao cliente, a Americanas ampliou sua política de atendimento aos clientes até que todos os pedidos em aberto, deste período, tenham sido concluídos", informou a empresa, em comunicado.

"As reclamações por atraso ou ocorrências relacionadas ao fluxo de entrega serão tratadas em prioridade e respondidas em até dois dias úteis", promete a varejista.

O atendimento online e por voz, que acontece de segunda a sexta-feira, de 8h às 20h, será estendido para o sábado no mesmo horário, e no domingo, de 8h às 14h. Deve ser usados os canais Minha Conta nos sites e aplicativos, e nos telefones 4003-4848 (Americanas), 4003-9898 (Shoptime), 4003-5544 (Submarino).

O prazo de arrependimento será estendido dos atuais 7 para 15 dias contados a partir da data da entrega dos produtos ao cliente. O tempo para troca e devolução por defeito de fabricação será estendido dos atuais 30 para 45 dias com a garantia de atendimento, mesmo em caso de negativa do fabricante ou importador, segundo a varejista.

Já o prazo de garantia legal será estendido dos atuais 90 dias para 105 dias.

"Todas as condições são válidas tanto para os pedidos vendidos e entregues pelas marcas da Americanas S.A. (Americanas, Submarino, Shoptime e Soub!), quanto para os de parceiros conectados na plataforma de e-commerce", diz o comunicado.

O grupo varejista divulgou nesta quinta-feira (24) os resultados no quarto trimestre de 2021. No período, a empresa registrou lucro líquido de R$ 490 milhões, alta de 20,5% em relação ao mesmo intervalo do ano anterior. A receita líquida avançou 21,7% para R$ 9,09 bilhões.

No acumulado de 2021, a receita líquida da companhia alcançou R$ 27,5 bilhões, alta de 28,3% na comparação anual, enquanto o lucro mais do que dobrou no período (alta de 132%), para R$ 731 milhões.

Em 2021, o GMV Digital (volume bruto de mercadorias vendidas na internet, incluindo venda de parceiros e outras receitas, após devoluções e somando impostos) atingiu R$ 42,2 bilhões, um crescimento de

43,6% frente ao ano anterior.

Na apresentação de resultados, a empresa menciona ter sido vítima de um "incidente de segurança", que a obrigou a tirar do ar os seus sites.

"Para somar forças ao nosso time interno e às empresas parceiras de segurança, na resolução e investigação deste incidente, acionamos especialistas mundialmente reconhecidos e com experiência em situações como essa", diz o texto.

"Na quarta-feira (23/02), começamos a restabelecer gradualmente nossos ambientes de e-commerce, sempre observando os devidos protocolos de segurança. No entanto, para a completa apuração e entendimento do incidente, a investigação deve continuar pelas próximas semanas. Não há evidências de outros danos, além do fato de termos ficado com nossas operações de e-commerce suspensas", informou a Americanas.