|
  • Bitcoin 122.691
  • Dólar 5,0972
  • Euro 5,1732
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 08/03/2022, 18:04

Além de novo iPhone, Apple anuncia iPad Air, Mac e outros lançamentos

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 08 de março de 2022

LUCAS CARVALHO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Além do novo iPhone SE, a Apple aproveitou seu evento virtual desta terça-feira (8) para anunciar outros produtos, incluindo uma nova opção do iPhone 13 na cor verde, uma atualização do iPad Air e um novo computador Mac com os processadores de última geração desenhados pela própria empresa.

Confira a seguir os principais destaques:

*

NOVO IPAD AIR COM M1 E 5G

O tablet iPad Air ganhou uma nova versão nesta terça com o chip M1, desenvolvido pela Apple para computadores e presente no último iPad, e suporte ao 5G.

Com oito núcleos, o processador promete o dobro de performance em comparação a competidores da linha Windows, e uma performance otimizada para jogos, segundo a empresa.

Os 16 núcleos neurais também prometem melhor uso de aplicativos, como os programas de edição de imagem da Adobe (Photoshop, Premiere e afins).

A câmera frontal também recebeu mudanças, agora sendo de 12 MP com lente ultra-wide, dedicada para vídeo-chamadas.

Os preços no Brasil já foram anunciados, mas o início das vendas ainda não:

- iPad Air de 64 GB: R$ 6.799

- iPad Air de 64 GB com 5G: R$ 8.399

- iPad Air de 256 GB: R$ 8.399

- iPad Air de 256 GB com 5G: R$ 9.999

MACS COM M1 ULTRA

Outro anúncio foi o chip M1 Ultra, o novo processador top de linha da Apple. Desenvolvido para computadores de mesa, o lançamento aprimora as funções do anterior, o M1 Max, através de um novo recurso, o Ultrafusion, conectando dois M1 Max para dobrar o potencial de processamento.

Na prática, o chip permite capacidade de até 128 GB de memória RAM (a que ajuda no desempenho), e 90% mais performance do que os processadores de 16 núcleos.

O primeiro computador a usar o novo componente é o Mac Studio, uma máquina vendida sem teclado, mouse ou tela que parece uma caixinha de som, mas que esconde o maior poder de processamento num computador da marca.

Além de um sistema inteligente de resfriamento, o Mac Studio vem com quatro entradas Thunderbolt, duas entradas USB-C e uma HDMI, permitindo conexão com até quatro monitores ao mesmo tempo.

No quesito performance, o lançamento apresenta duas versões: chip M1 Max ou M1 Ultra, ambas oferecendo performance maior do que o iMac e até mesmo o Mac Pro mais potentes que a Apple vende atualmente com processadores da Intel.

MONITOR 5K

Já o Studio Display é um monitor de 27 polegadas com resolução 5K feito para acompanhar o Mac Studio, com modo giratório para paisagem e retrato, e opção de nanovidro —que serve para reduzir a emissão de luzes que causam dor de cabeça.

Ele vem também com uma câmera de 12 MP ultra-wide, igual à do novo iPad Air, bem como um conjunto de três microfones e seis saídas de som, com capacidade de emissão de áudio espacial, de acordo com a Apple.

O monitor ainda possui três portas USB-C e uma porta Thunderbolt, que permite recarregar outros dispositivos da empresa.

Os preços no Brasil foram anunciados, mas o lançamento ainda não. São eles:

- Mac Studio com M1 Max: a partir de R$ 22.999

- Mac Studio com M1 Ultra: a partir de R$ 46.999

- Studio Display: a partir de R$ 17.999

Vendido sem o monitor, o Mac Studio mais potente, com todas as melhores opções de configurações, e incluindo programas profissionais de edição de vídeo e áudio, sai por até R$ 97.798,80.

ESPORTE AO VIVO

Além de produtos, teve espaço também para novidades em serviços. O Apple TV+, streaming de filmes e séries originais da empresa, começará a exibir partidas de beisebol ao vivo em oito países, incluindo o Brasil.

Serão dois jogos por semana da principal liga de beisebol dos EUA —por lá e também no Canadá, assinantes também terão um canal com reprises e mesas-redondas ao vivo 24 horas por dia.

A transmissão começa em 31 de março, no início da temporada 2022 do campeonato norte-americano, sem custo adicional "por enquanto", segundo a Apple.