|
  • Bitcoin 124.048
  • Dólar 5,1649
  • Euro 5,2667
Londrina

Últimas Notícias

m de leitura Atualizado em 08/03/2022, 13:33

7 motivos para declarar o Imposto de Renda logo nos primeiros dias

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 08 de março de 2022

MATEUS CAMILLO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A virada de fevereiro para março é o início do ano letivo para os brasileiros não só pelo fim do Carnaval, mas também pela chegada de um visitante incômodo: o leão do Imposto de Renda.

Em março e abril são feitas as declarações de imposto de renda, que em 2021 abarcaram 34 milhões de brasileiros, segundo a Receita Federal.

Nesta segunda-feira (7), começou o prazo para enviar a declaração do Imposto de Renda 2022, que se estende até 29 de abril.

Declarar imposto de renda é que nem lavar a louça: chato, mas necessário. No ano passado, sete milhões de brasileiros ainda não haviam enviado as suas a cinco dias do fim do prazo.

Pelo segundo ano consecutivo, eu consegui entregar a minha no primeiro dia.

É um orgulho pessoal e uma sensação de que não deixei para estudar na prova só na véspera. Abaixo, compartilho com os leitores da Folha alguns motivos que me estimulam a ser tão pontual.

1 - Se você não fizer hoje, nem amanhã, nem na próxima semana, precisará fazer algum dia até 29 de abril. Não faz muita diferença, o sofrimento é o mesmo.

2 - Caso tenha imposto a restituir, quanto antes você entregar, antes você receberá. Em tempos de crise econômica, dinheiro no bolso é sempre bem-vindo.

3 - Se a declaração do ano anterior estiver no mesmo computador, o programa da Receita Federal importa a maioria dos dados. Se sua vida não mudou tanto, bastará trocar os valores para os de 2022 e atualizar alguns poucos campos.

4 - A primeira vez é sempre mais difícil. Quanto mais velho você fica, mais experiência ganha, e os campos da declaração se tornam mais fáceis de compreender.

5 - Os informes de rendimento, da sua empresa ou do banco, estão a um clique, seja pela VPN do seu home office, seja pelos aplicativos bancários. Clicou, baixou o PDF na hora.

6 - O Google e o YouTube estão cada vez mais precisos. Qualquer dúvida, basta digitá-la nos termos tal como aparecem na Receita Federal e a chance de uma página ou um vídeo elucidarem a questão é bastante alta.

7 - Economia. Se você aprende a fazer a sua, não precisa gastar com contador nunca mais -pelo menos para declarar IR.