|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

Saúde 5m de leitura Atualizado em 06/12/2021, 14:19

Chile começa a vacinar crianças de 3 a 5 anos contra Covid

País está entre os que apresentam maior índice de imunização contra a doença, superando 91% da população adulta

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 06 de dezembro de 2021

France Presse
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Santiago - As crianças entre três e cinco anos começaram a receber a vacina contra o coronavírus no Chile nesta segunda-feira (6), enquanto o país avança na vacinação da terceira dose ou dose de reforço para adultos. "Estamos iniciando a campanha de vacinação das crianças entre 3 e 5 anos, com uma vacina que é segura e eficaz e que vai proteger mais de 700.000 crianças", informou o presidente do Chile, Sebastián Piñera.

Imagem ilustrativa da imagem Chile começa a vacinar crianças de 3 a 5 anos contra Covid
|  Foto: Marcelo Segura - Chilean Presidency - AFP
 

O presidente compareceu a uma vacinação em massa em Santiago no estádio Nacional, onde começou a imunização das crianças desta nova faixa etária. Até agora, o Chile vacinava crianças a partir dos seis anos. "Esta vacina, além de proteger as crianças, também protege seus pais, mães e suas famílias", destacou Piñera em declarações à imprensa, nas quais especificou que esses menores receberão a vacina chinesa Sinopharm de duas doses.

ÍNDICE ALTO

O Chile está entre os países do mundo com maior índice de vacinação e já superou 91% da população adulta imunizada com duas doses; 13,8 milhões dos 15 milhões de adultos com possibilidade de serem vacinados entre os 19 milhões de habitantes.

Além disso, está imerso no processo de vacinação com a terceira dose ou dose de reforço, que já foi aplicada em 8,9 milhões de pessoas, enquanto a pandemia se encontra estabilizada em cerca de 2.000 casos novos por dia e aproximadamente 20 mortes.

O Chile acumula 1,7 milhão de casos e mais de 38.000 mortes por covid-19 desde 3 de março de 2020, quando registrou o primeiro caso da doença. No último sábado, detectou o primeiro caso da nova variante ômicron, altamente contagiosa segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM