Técnicos analisam
suspeita de fraude
em concurso da Civil
As suspeitas levantadas contra o concurso da Polícia Civil, para investigadores e policiais civis, serão analisadas por uma comissão de técnicos do governo estadual. O anúncio foi feito ontem por Lerner. O governador prometeu apuração rigorosa para averiguar se houve ou não fraude no concurso. Na última sexta-feira, Tavares recebeu a informação de um grupo de delegados de que pelo menos 40 dos 900 candidatos que o governo pretende chamar para dar reforço aos quadros da Polícia foram aprovados irregularmente.
‘‘Se há irregularidades, vamos anulá-las’’, reiterou Lerner. O governador não descarta a possibilidade de as denúncias não terem fundamento. ‘‘Pode ser uma tentativa de nos impedir de nomear os novos policiais’’, considerou. Lerner garantiu que ‘‘o povo não vai sair perdendo’’ nesse episódio.