O candidato a vice-prefeito Assad Jannani (PPB) mostrou-se surpreso ontem à noite ao saber que o nome de Barbosa Neto (PDT) consta da lista encontrada na casa de Cassimiro Zavierucha, o ‘‘Carlos Júnior’’. Assad substituiu Barbosa em um debate promovido pela Associação Odontológica de Londrina. ‘‘Tenho absoluta tranquilidade sobre a conduta de Barbosa; o Belinati tem verdadeira ojeriza do Barbosa, justamente porque ele representa uma ameaça a ele’’, afirmou Assad.
No domingo, o pepebista usou a lista para atacar o PT, dizendo que um alto dirigente do partido aparecia na relação de despesas relativas à campanha de 98, encontrada na casa de Carlos Júnior. Ontem, ao saber que o nome de Barbosa Neto também constava da lista, ele amenizou: ‘‘A lista é questionável. Então, por que ela não foi amplamente divulgada na época em que foi apreendida?’’ ‘‘De qualquer forma a Justiça deve investigar e ir além dos desvios da AMA/Comurb’’, defendeu Assad.
Alegando agenda apertada e a participação em comícios, Barbosa Neto faltou ao debate de ontem, que reuniu cerca de 150 pessoas. Representando a coligação encabeçada pelo PDT, Assad respondeu às perguntas tendo ao lado o candidato petista, Nedson Micheleti.
Como todos os debates realizados até agora, o clima foi de paz e tranquilidade. Os dois limitaram-se a responder às 13 perguntas formuladas pela platéia. Não houve questionamentos entre os candidatos. ‘‘Vim apresentar minhas idéias e mostrar meus projetos a um público específico. A não participação do candidato adversário não afetou em nada’’, afirmou Nedson, quando questionado sobre o não comparecimento de Barbosa Neto. ‘‘Não me sinto prejudicado. O importante é o diálogo com o público’’, afirmou.
Assad disse que a coligação havia agendado três comícios para ontem à noite e que ocorreu atraso nos compromissos. ‘‘Vim substituir o candidato naturalmente, nosso governo é a quatro mãos. O prefeito delega missões e a campanha serve até para treinar isto’’, afirmou. Ele disse não ter visto prejuízo para o conteúdo do debate, que previa propostas para a área da saúde, sobretudo no setor odontológico.