Senado pode arquivar caso Luiz Estêvão
O Senado não deverá instaurar processo por quebra de decoro parlamentar contra o senador Luiz Estêvão (PMDB-DF). O parecer da Advocacia Geral do Senado, encomendado pelo presidente da Casa, Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), concluiu que a representação dos partidos de oposição contra Estêvão deve ficar ‘‘sobrestada até decisão definitiva do Poder Judiciário’’. Assinado pela advogada-geral, Josefina Valle de Oliveira Pinha, o parecer afirma que a CPI do Judiciário não apontou procedimento de Luiz Estêvão incompatível com o decoro parlamentar. ACM já deu sinais de que vai acatar o parecer da advogada.