Euricles Cavalcante Macedo Pausa para oração O presidente da CPI do Narcotráfico, deputado Magno Malta (PTB-ES), fez uma pausa nos trabalhos realizados na Assembléia Legislativa, ontem, para orar na Igreja Batista, no Batel, em Curitiba. O deputado, que é pastor da Igreja Batista no Espírito Santo, foi convidado pelos pastores da Igreja de Curitiba para participar de uma preleção/oração para pedir proteção a todos os que estão participando da CPI, como os deputados, jornalistas, testemunhas e acusados. Estavam presentes cerca de 50 pastores da Igreja Batista. Malta esteve na Igreja acompanhado do deputado federal, Eber SIlva(PDT-RJ), e do deputado estadual Edson Prazyisk (PL-PR), também evangélicos. Ele agradeceu o convite e disse que se sentia ‘‘no paraíso’’, em meio a tanta denúncia. O presidente da CPI, que também é músico e atua numa banda gospel, estava na Igreja justamente no momento da ameaça de uma bomba no plenarinho da Assembléia Legislativa. Magno interrompeu a oração, ao ser informado da notícia, e depois voltou com mais fervor para invocar a integridade de todos.