Da Redação
O novo delegado-geral da Polícia Civil, Leonyl Ribeiro, já passou, em seus 34 anos de carreira, pelas delegacias de Umuarama (duas vezes), Campo Mourão, Londrina e Francisco Beltrão. Ele também respondeu por divisões da cúpula da Polícia Civil: duas vezes na Corregedoria da Polícia, três vezes na Divisão Policial do Interior e uma na Divisão da Capital. Ele também foi secretário executivo da Polícia Civil.
O trabalho desenvolvido pelo novo delegado-geral quando ele chefiou a 10ª Subdivisão Policial de Londrina (SDP), em 96, foi elogiado por líderes da comunidade, que lamentaram sua transferência para Curitiba. Na época, ele assumiu o comando da SDP no lugar de agentes e delegados que foram afastados sob a acusação de envolvimento com os chamados golpes do ‘‘3 por 1’’ e ‘‘do chute’’.
Aos 60 anos, Ribeiro é dos que não carregam no físico e no comportamento características que identifiquem um policial. Costuma ser atencioso com quem fala com ele. A educação é uma de suas marcas registradas.