Morre o ex-deputado por Londrina Osvaldo Macedo


Guilherme Marconi - Grupo Folha
Guilherme Marconi - Grupo Folha

O advogado e ex-deputado federal Osvaldo Macedo morreu aos 79 anos na noite de quinta-feira (23) em Curitiba em decorrência do Mal de Alzheimer. Nascido em Sertanópolis (Região Metropolitana de Londrina), Macedo fez carreira política na região de Londrina pelo MDB. O corpo foi velado e cremado na Capela Vaticano na tarde de sexta-feira (24) na capital do Estado. 


Formado em direito pela UFPR (Universidade Federal do Paraná) em 1965, o advogado participou de movimentos estudantis na capital e também trabalhou como jornalista na Gazeta do Povo e no Estado do Paraná. De volta à região norte, atuou como promotor público da Comarca de Londrina, mas deixou a carreira pública para advogar. 




Mais tarde, Macedo foi procurador do Instituto Brasileiro do Café (IBC) em Londrina. Depois, iniciou suas atividades políticas como presidente do diretório municipal de Londrina do MDB (Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instalado no país em abril de 1964.   


Foi deputado estadual (1975-79) e deputado federal (1979-1983) por Londrina e também participou da construção da Constituição Federal, como deputado constituinte (1987-1991). Macedo ainda disputou duas vezes como candidato a prefeito em Londrina em 1982 e em 1992, quando ficou em terceiro lugar no primeiro turno com 12,4% das intenções de voto.  


Na década de 80, Macedo foi coordenador da campanha de renovação da cafeicultura e da diversificação agrícola, promovida pelo jornal Folha de Londrina.  Casado com Nilda Infante Vieira, o político deixa esposa e três filhos. 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias