|
  • Bitcoin 121.439
  • Dólar 5,0555
  • Euro 5,2186
Londrina

Política

m de leitura Atualizado em 12/07/2022, 18:45

Moro confirma pré-candidatura ao Senado e enfrentará Alvaro Dias

Ex-juiz diz que decisão atende manifestações populares para que concorresse pela vaga representando o Estado

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 12 de julho de 2022

José Marcos Lopes, especial para a Folha
AUTOR autor do artigo

Foto: Cassiano Rosário/Futura Press/Folhapress
menu flutuante

O ex-juiz Sergio Moro anunciou nesta terça-feira (12) em Curitiba sua pré-candidatura ao Senado nas eleições de outubro deste ano. Filiado ao União Brasil, Moro poderá disputar a vaga com o ex-aliado Alvaro Dias (Podemos), que deverá tentar a reeleição. Só um senador por estado será eleito neste ano.

Imagem ilustrativa da imagem Moro confirma pré-candidatura ao Senado e enfrentará Alvaro Dias Imagem ilustrativa da imagem Moro confirma pré-candidatura ao Senado e enfrentará Alvaro Dias
|  Foto: Cassiano Rosário/Futura Press/Folhapress
 

Moro disse que tomou a decisão de concorrer ao Senado depois de percorrer o estado – no dia 14 de junho, ele anunciou que se candidataria pelo Paraná, depois de ter seu registro no diretório do União Brasil de São Paulo rejeitado pela justiça eleitoral, mas não disse para qual cargo. Nas últimas pesquisas de intenção de voto, seu nome também aparecia na disputa para o governo do estado. Outra opção seria concorrer para deputado federal.

“O que eu mais ouvi foi o desejo das pessoas para que eu concorresse ao Senado. Acabei fazendo essa escolha, acho que vou poder contribuir mais com o país e com o União Brasil dentro do Senado”, afirmou Sérgio Moro. “Nós podemos ter anos difíceis pela frente, e nesses anos difíceis nós vamos precisar de lideranças que não sumam do cenário político”.

O ex-juiz chegou a se filiar ao Podemos, no ano passado, quando ensaiou sua pré-candidatura à presidência da República (com o apoio de Alvaro Dias), mas deixou o partido em maio deste ano. “Seria necessário a gente ter uma estrutura partidária robusta e condições de concorrer em igualdade. Não foi possível no Podemos, isso e outros motivos fizeram com que eu fosse para o União Brasil”, disse o ex-ministro de Jair Bolsonaro. 

DISPUTA COM ALVARO

Questionado sobre a possível disputa com Alvaro Dias, Moro disse apenas que conduzirá a campanha “em alto nível”. “Vamos ver se ele vai ser candidato ao Senado. Caso isso se confirme, vou conduzir a campanha no mais alto nível”, garantiu. Para ele, o estado precisa de mais representação no Senado. “O Paraná é um estado importante, mas às vezes a gente tem a percepção de que ele fica sub-representado na política”. procurado pela FOLHA, Alvaro preferiu não comentar a candidatura de Moro, a quem lançou na política.

LEIA TAMBÉM

Senadores do Paraná defendem pacote de bondades em ano eleitoral
Em campanha, Moro nega desgaste por mudança de domicílio eleitoral
Após prisões e recuo, Richa volta atacando Lava Jato e quer reconstruir PSDB

Nas viagens que fez desde o dia 14 de junho, o ex-juiz se reuniu com o ex-prefeito de Guarapuava Cesar Silvestri Filho, pré-candidato do PSDB ao governo do Paraná. Mas disse que ainda é cedo para falar sobre uma possível aliança com o PSDB - que deverá ter o ex-governador Beto Richa, investigado na operação Lava Jato, como candidato a deputado federal. “Temos conversado com lideranças e procurado mais ouvir do que falar. Foi uma conversa pura e simples”.

Moro disse que vê com “zero receio” a possibilidade de seu registro não ser aceito. Uma filiada ao União Brasil no Paraná contestou o registro, pois o ex-juiz teria se filiado ao diretório de São Paulo. O diretório estadual do PT também pretende recorrer à justiça contra a filiação de Moro. “Zero risco, zero receio. É surpreendente como é difícil pessoas como eu se colocarem dentro do mundo político e concorrerem a uma candidatura, a todo momento existem tentativas de ganhar no tapetão”.

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.