Moralidade distribui
adesivos e fará banho
de lama no Calçadão
Adesivos de carro com o slogan ‘‘Pé Vermelho. Mãos limpas’’ serão distribuídos hoje, das 11 horas às 13 horas, no cruzamento das avenidas JK e Higienópolis. A distribuição faz parte das atividades do Movimento pela Moralidade na Administração Pública de Londrina, que também programou para esta semana mais uma mobilização no Calçadão.
A manifestação será sábado, com concentração às 9 horas, na Concha Acústica. De lá, os participantes seguem para o Calçadão, onde haverá um banho de lama. Os organizadores fazem suspense sobre como será desenvolvida a atividade. ‘‘Quem quiser saber quem vai ser enlameado terá que ir até o Calçadão para conferir’’, explicou a presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Londrina, Carina Paccola. O Sindicato é uma das 75 entidades que integram o Movimento.
Para a mobilização estão sendo convidados, além dos representantes das entidades, estudantes. Ontem, integrantes do movimento foram até o Restaurante Universitário da Universidade Estadual de Londrina (UEL) para distribuir a segunda edição do jornal ‘‘Reajá Londrina’’, com um resumo das investigações sobre o escândalo AMA-Comurb, e convocar os alunos a integrar a manifestação de sábado.
O protesto no Calçadão será o quarto consecutivo. O objetivo é alertar a comunidade sobre as denúncias de irregularidades na administração pública e reivindicar a instalação de uma Comissão Processante contra o prefeito Antonio Belinati (PFL). A CP foi requerida à Câmara de Vereadores no mês passado pela OAB, mas sua votação está suspensa. Belinati conseguiu uma liminar o Tribunal de Justiça.
Outro pedido de CP contra Belinati foi apresentado à Câmara na semana passada por um grupo de cinco pessoas. Ele está sendo analisado pela Comissão de Justiça. O presidente da comissão, vereador Antenor Ribeiro (PPB), pode dar um parecer ainda nesta semana. (P.Z.)