|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

Política 5m de leitura Atualizado em 22/12/2021, 16:53 assinante

Filipe Barros propõe a criação da Universidade Federal do Iguaçu

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O deputado federal Filipe Barros (PSL-PR) protocolou o Projeto de Lei 4505/2021 na última semana, propondo desmembrar os campi da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) no Paraná e criar a Universidade Federal do Iguaçu (UFI).   O objetivo do projeto é ampliar a atuação da Universidade federal abrangendo as unidades de Laranjeiras do Sul e Realeza. Hoje, a administração destes campi é subalterna à Reitoria da UFFS em Chapecó (SC).

“O que proponho é construirmos a Universidade Federal do Iguaçu, com abrangência territorial nas regiões Sudoeste, Centro Sul e Oeste do Paraná e com sede da Reitoria em Laranjeiras do Sul, o que resultará em crescimento ordenado e contínuo.  Com o apoio da comunidade paranaense e do governo federal, poderemos estender futuras unidades a outras cidades, ampliando o número de docentes e servidores além de novos cursos como por exemplo Medicina, várias Engenharias, Farmácia, Enfermagem, Pedagogia e Ciência da Computação, entre outros que fazem parte da demanda regional”, explicou Filipe Barros.

Imagem ilustrativa da imagem Filipe Barros propõe a criação da Universidade Federal do Iguaçu
|  Foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
 

Histórico -

O Paraná foi por muito tempo um dos Estados com menor número de unidades federais de Ensino Superior, sendo necessário o empenho da comunidade para que novas unidades fossem construídas no território da quinta maior economia do Brasil. 

Os dois campi da UFFS constituíram uma tentativa de minorar este pequeno número de unidades federais de ensino no Estado. “Mas, o fato de sermos subalternos a uma Reitoria catarinense tem levado à inércia na conquista de novos cursos e da própria atuação administrativa da instituição. Temos cursos já aprovados junto ao MEC e que poderiam ter o início agilizado ainda para 2022, como o de Pedagogia, que é um anseio da comunidade, e que já poderia integrar a grade da UFI”, disse Barros.

Segundo o deputado o apoio e a articulação entre os Poderes Legislativo e Executivo têm se mostrado fundamental na criação e ampliação de universidades. “Como exemplo temos o Rio Grande do Sul e Minas Gerais; como a ajuda e esforço do Legislativo, os Estados estão entre os que contam com maior número de Universidades Federais."

O deputado paranaense afirmou ainda a importância do aporte de recursos para a Universidade Federal do Iguaçu, que repercutirá regionalmente. “A UFI irá abrir novos horizontes com aporte de dinheiro federal, funcionamento administrativo, de produção e difusão do conhecimento e com autonomia para gerir sua própria política acadêmica, no rumo da construção de um grande centro do saber. Tendo desdobramentos no setor econômico, social e cultural em ampla região do Paraná”, afirmou Filipe Barros.

Para Barros, o Paraná tem sido deixado de lado na criação de universidades federais. Ao longo do tempo muitos deputados propuseram alternativas de criação de universidades no Paraná. "Foi assim, com a remodelação do CEFET, que se transformou na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, a UTFPR. Depois disso o deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB) propôs a criação da Universidade Federal do Norte do Paraná, com sede em Londrina ou a extensão da UFPR de Curitiba para lá. "Houve sim a criação de dois campi da Universidade Federal do Paraná - em Palotina e Jandaia do Sul.   Agora, nós estamos diante da minha proposta de remodelação do Instituto Federal do Paraná (IFPR), com a criação da Reitoria em Londrina e duas Reitorias no Noroeste e Oeste do Paraná. O Paraná teve só depois a Universidade Federal da Fronteira Sul, após a criação da UNILA em Foz do Iguaçu. Precisamos avançar e por isso é hora dos campi de Laranjeiras do Sul e Realeza se transformarem na Universidade Federal do Iguaçu e com a Reitoria na bela Laranjeiras do Sul" respondeu o deputado. (com informações da assessoria de imprensa do parlamentar)

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM