A Executiva Nacional do PSB reuniu-se ontem em Macapá para expressar apoio ao governador João Alberto Capiberibe (PSB) na queda-de-braço com a Assembléia Legislativa, deflagrada pela decisão que afastou o governador por 180 dias. Os peessebistas decidiram pedir aos presidentes do Senado e da Câmara para que apressem a conclusão da subcomissão da CPI do Narcotráfico que investigou o Amapá.
Ontem à noite, o juiz Constantino Brahuna, anunciaria sua decisão sobre o pedido do Ministério Público (MP) de afastar do cargo o presidente da Assembléia Legislativa do Amapá, Fran Soares Júnior (PMDB).
O governador contava com a saída do rival para pôr fim ao maior confronto entre os dois Poderes nos últimos seis anos. (A.E.)