Eleitor precisa
de tempo para
analisar quadro
O diretor da Alvorada Pesquisas, Waldimir Coutinho Mendes, disse que a consulta serve como sondagem inicial para saber aonde vai o eleitorado com a desistência de Belinati em disputar a próxima eleição. ‘‘Quando a pesquisa foi feita, uma parte estava informada sobre a decisão dele e a outra em fase de informação’’, explicou.
Segundo ele, as próximas consultas poderão mostrar a tendência do eleitor que votaria em Belinati e que, agora está indeciso. ‘‘Esse eleitor ainda não decidiu e é preciso um tempo para que ele possa ‘digerir’ essa informação’’, explicou.
Coutinho Mendes disse que, num primeiro momento, a pesquisa revela a tendência pró-Hauly, que pode ser modificada caso haja a entrada de outros nomes na disputa. ‘‘Ainda há várias hipóteses e é preciso uma posição sobre os nomes daqueles que vão disputar’’, explicou o diretor da Alvorada. Coutinho Mendes acredita ainda que a polarização entre Hauly e Cheida, que ele não considera empate técnico, se deve ao fato de eles serem mais conhecidos que os outros pré-candidatos. (P.Z.)