|
  • Bitcoin 102.694
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Política

m de leitura Atualizado em 28/05/2022, 17:39

Condenado por difamar APP Sindicato, vereador de Curitiba é cassado

Ex-integrante do MBL, Eder Borges (PSC) fez montagem com bandeira comunista em ocupação de escolas durante manifestações de 2016

PUBLICAÇÃO
sábado, 28 de maio de 2022

José Marcos Lopes - Especial para a FOLHA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O vereador em Curitiba Eder Borges (PSC) teve o mandato cassado pela Câmara Municipal da capital após ser condenado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por difamar a APP Sindicato e a sentença transitar em julgado. A cassação foi confirmada nesta sexta-feira (27) pela Mesa Diretora da Câmara. Borges fez uma montagem em que aparece uma bandeira comunista em uma ocupação de escolas em 2016, durante os protestos contra a reforma do ensino médio. Quem assume a vaga é o ex-vereador Mestre Pop (PSD).

Imagem ilustrativa da imagem Condenado por difamar APP Sindicato, vereador de Curitiba é cassado Imagem ilustrativa da imagem Condenado por difamar APP Sindicato, vereador de Curitiba é cassado
|  Foto: Câmara Municipal de Curitiba/Divulgação
 

Ex-integrante do MBL (Movimento Brasil Livre), Borges já teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral por não apresentar a prestação de contas referente à eleição anterior que havia disputado. Ele permanecia no cargo aguardando a decisão do TSE.

A FOLHA não conseguiu ouvir o vereador.