São Paulo O Programa Fome Zero entrega hoje os primeiros cartões de R$ 50 por mês a famílias de Guaribas e Acauã (PI), enquanto a Caixa Econômica Federal (CEF) lança o Caixa FIF Fome Zero, um fundo de investimento para aplicadores que desejam ajudar na campanha. O FIF Fome Zero é um fundo de renda fixa para pessoas físicas e jurídicas, com valor de aplicação mínimo de R$ 100.
A contribuição ao Fome Zero virá da taxa de administração, valor cobrado por toda instituição para administrar um fundo. A Caixa vai abrir mão da metade de sua receita com a taxa de administração do FIF Fome Zero (2,5% ao ano) para repasse ao programa. Segundo a CEF, o cliente que aplicar no fundo vai ter a mesma rentabilidade de outros investimentos e estará contribuindo de forma contínua com o Programa.
A CEF acredita que o fundo possa alcançar patrimônio líquido de R$ 500 milhões ao final do primeiro ano, rendendo ao Fome Zero uma contribuição anual de R$ 12,5 milhões. O valor compra 75 mil cestas básicas, com benefício direto a 300 mil pessoas. Mensalmente, cerca de 6.200 famílias, ou 25 mil pessoas.