Cerca de 40% dos candidatos eleitos em Ibaiti (90km de Jacarezinho) para a Câmara de Vereadores são mulheres. As quatro candidatas eleitas concorreram com 45 homens. O aproveitamento das candidatas foi de 80% – apenas uma não foi eleita. A Câmara nunca teve um número tão elevado de mulheres. A média anterior era de uma vereadora por mandato.
A vereadora Vera Lucia Bernardes (PTB) foi reeleita, mas as outras três candidatas nunca ocuparam cargos eletivos. A vereadora eleita Luciane Andrea Garcia (PTB) disputou pela segunda vez a eleição, e as vereadoras eleitas Sirlei Teixeira da Silva Mattiolli (PRP) e Norma Regina Ruiz Ferreira (PMDB) tentaram a eleição pela primeira vez. Juntas, elas obtiveram 1.751 votos, o que corresponde a 11,65% do total no município.
A funcionária pública Daniele Rodrigues disse que o número elevado de mulheres eleitas foi uma surpresa, mas que foi uma excelente mudança para o município. ‘‘Até então, tínhamos apenas uma representante. Agora temos quatro, isto é importante porque revela o potencial feminino’’, afirma.
A vereadora eleita Luciane Andrea Garcia disse que a mulher age com mais sentimento e que por isso está conquistando o eleitorado. ‘‘A vitória feminina das mulheres na cidade reflete o desenvolvimento feminino em todos os setores. Hoje somos caminhoneiras, pilotos e participamos de todas as atividades.’’
Na região do Norte Pioneiro cerca de 28 mulheres foram eleitas, com a média de uma vereadora por município. Na maior parte deles, é a primeira vez que as mulheres são eleitas vereadoras. A região reelegeu a prefeita Carolina Batistão, em Wenceslau Braz. Em Cambará foi reeleita a vice-prefeita Ignez Panichi Hanzé e em Jundiaí do Sul Ana Maria.