|
  • Bitcoin 118.060
  • Dólar 5,2124
  • Euro 5,3411
Londrina

Política

m de leitura Atualizado em 21/01/2022, 19:43

Aumento da pista garante segurança no pouso

Especialista explica a importância da obra para o aeroporto de Londrina

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Guilherme Marconi - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Para o especialista em construção de aeroportos e professor do departamento de Arquitetura e Urbanismo da UEL (Universidade Estadual de Londrina) André Silvestri, os 600 metros de ampliação da pista do Aeroporto José Richa representam maior segurança aos tripulantes e passageiros que utilizam o terminal. Com a melhoria, o aeroporto passará da categoria 3B para 4C. "O que muda é o conforto e segurança da operação das aeronaves na hora do pouso no sentido do centro região leste. Na década de 1980 foi permitida a construção de um prédio na rua Rio de Janeiro, quando nosso aeroporto perdeu 300 metros na aproximação. Nós temos 2.100 metros de pista, mas na prática só utilizamos 1.800 metros. Com esse incremento recuperamos os originais e mais 300 metros. Ou seja, teremos parâmetros mais confortáveis e seguro em dia de chuva, condições adversas ou com aeronaves mais carregadas, por exemplo. Mas não quer dizer que a nossa pista hoje esteja fora dos parâmetros de segurança", explicou.

  icon-aspas Nós temos 2.100 metros de pista, mas na prática só utilizamos 1.800 metros
André Silvestri - especialista em construção de aeroportos e professor da UEL
  

VIGILÂNCIA

À frente do grupo de trabalho do aeroporto de Londrina, o superintendente do Grupo FOLHA, José Nicolás Mejía, considera que a sociedade civil organizada e o poder público precisam ficar vigilantes para que as melhorias no terminal saiam do papel, principalmente após a concessão à iniciativa privada. "O município e as lideranças já vinham trabalhando com ampliação do aeroporto como um todo, o que inclui a ampliação da pista e instalação de instrumentos como ILS. O município fez as desapropriações e no meio de todo esse processo saiu a concessão. No edital não fica clara a ampliação da pista. Fizemos reuniões em Brasília para cobrar uma resposta da Infraero. Agora vamos aguardar a aplicação do plano pela concessionária ou pela União."

Segundo Mejía, a ampliação da pista é um passo importante, mas o objetivo do grupo é ainda maior. "Nosso projeto para o terminal é ainda muito maior de fazer o aeroporto de Londrina um polo de desenvolvimento regional. Queremos demonstrar para a União e a CCR que estamos unidos - prefeituras, entidades públicas e privadas - trabalhando juntos para conseguir o avanço necessário para o desenvolvimento econômico do município." 

A deputada Luísa Canziani (PTB-PR) informou que acompanhou todas as reuniões realizadas em Brasília e em Londrina que discutiram as obras de ampliação no aeroporto de Londrina.  “Agendamos e participamos de inúmeras reuniões com o prefeito, secretários e representantes da sociedade civil organizada, com o ministro Tarcísio Freitas (Infraestrutura), diretores do ministério, da Anac e da CCR e pelas tratativas acreditamos que será feita a obra de ampliação da pista do aeroporto e que a CCR vai investir os R$ 300 milhões previstos, conforme prevê o edital”, afirmou. 

LEIA TAMBÉM:

+ Infraero diz que ampliação da pista do aeroporto depende de orçamento