Aleksandro deverá ser expulso do PFL
O deputado José Aleksandro (PFL-AC), que substituiu o deputado cassado Hildebrando Pascoal, deverá ser expulso do partido. O julgamento do parlamentar será marcado pela Executiva do partido na próxima semana. O presidente do PFL, senador Jorge Bornhausen (SC), pediu que o presidente da CPI do Narcotráfico, deputado Moroni Torgan (PFL-CE), envie o pedido de cassação de Aleksandro para que o partido examine a acusação contra o parlamentar. O relator do processo, deputado José Jorge (PE), vice-presidente do partido, vai anexar o documento ao processo contra Aleksandro por uso indevido de documento.