|
  • Bitcoin 142.039
  • Dólar 4,8662
  • Euro 5,1322
Londrina

Opinião

m de leitura Atualizado em 25/03/2022, 09:17

OPINIÃO DO LEITOR - Sinalização viária

Veja a opinião dos leitores da Folha de Londrina

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Moro em Londrina há 13 anos e ainda me perco em alguns trajetos, já fui até multado por entrar um uma rua que era contramão porque não tinha a devida sinalização. As sinalizações são importantes, tanto as de advertência como as de orientação, principalmente as que orientam em que rua você está. Incrível como há várias ruas em Londrina sem placas! Além disso, são vários acessos importantes que não têm placas que mostram o bairro próximo, a avenida ou a algum local, como hospitais e postos de saúde. Temos o GPS, sim, mas sabemos da deficiência deste instrumento as vezes e, nem sempre, é seguro se orientar por ele. Temos visto tantas obras que são importantes para a mobilidade urbana, mas as placas de orientações fazem muita falta. Sugiro que se invista neste quesito e teremos uma cidade mais acessível!

Moás Lourenço de Albuquerque (representante comercial) Londrina

Fome Zero

Mesmo com as crises intermináveis, os governos fracos e demagógicos, os políticos na sua maioria nada fazendo, outro dia assisti a um programa que mostrava um espaço de uma horta comunitária, principalmente para os idosos, que além de levarem alimentos frescos para casa, deixavam um pouco de stress e solidão com o cultivo de suas hortaliças. Como nosso país poderia ser melhor se o povo também cooperasse no bem comum. O Brasil tem institutos de pesquisas agrícolas excelentes, Ongs que ajudam e muito, talvez só falte o empurrão para se tentar dar um rumo a este país, que tem o principal: terra e água. Difícil é entrar em um mercado e ver pessoas reclamando do preço do quiabo, do chuchu, da cebolinha e tantas outras plantas que nascem tão fáceis. Minha mãe até os 85 anos sempre tinha na casa dela um luxo para muitas pessoas hoje em dia: uma horta e nunca ouvi ela reclamando do preço de alimentos cultivados em quintais. Parece que muitas pessoas pensam que verduras e hortaliças só nascem em supermercados. Qualquer povo passar fome pode ter uma desculpa, mas para brasileiros não têm explicação. Fome zero é obrigação.

Manoel José Rodrigues (assistente administrativo) Alvorada do Sul 

Os artigos, cartas e comentários publicados não refletem, necessariamente, a opinião da Folha de Londrina, que os reproduz em exercício da sua atividade jornalística e diante da liberdade de expressão e comunicação que lhes são inerentes.

COMO PARTICIPAR| Os artigos devem conter dados do autor e ter no máximo 3.800 caracteres e no mínimo 1.500 caracteres. As cartas devem ter no máximo 700 caracteres e vir acompanhadas de nome completo, RG, endereço, cidade, telefone e profissão ou ocupação.| As opiniões poderão ser resumidas pelo jornal. | ENVIE PARA [email protected]