OPINIÃO DO LEITOR - Constitucionalismo democrático, ideologia vencedora do século XX


Opinião do Leitor
Opinião do Leitor

Pibinho

Diante do que passou neste ano, com a anuência de que as reformas eram necessárias, o aperto teria quer ser grande para melhorar tudo foi a contento. Como sempre não só este governo, mas todos os que passaram e que passarão no comando o sacrifício da classe política foi zero, nada de cortes na carne deles, só na carne de terceira do pobre. Contingenciamento, retenção, falta de investimento real na educação deixaram o país como sempre no mesmo atraso de sempre. O Brasil tem milhares de oportunidades de empregos, mas infelizmente não se encaixa com a qualificação dos desempregados. Quem é trabalhador braçal não consegue emprego na área de informática. Para o ano novo de sempre o PIB deve ser de no máximo 2,5 por centro porque o trabalhador entrará com 1 porcento nesta conta com seu FGTS de aniversário, como dizia o lagarto, dando a parte do rabo para encher o prato dos outros. Daqui a 1 ano talvez esteja aqui para ser cobrado da realidade da profecia. 

Manoel José Rodrigues (assistente administrativo) Alvorada do Sul/PR

***

Constitucionalismo democrático, ideologia vencedora do século XX

Os fenômenos desastrosos oriundos de regimes ideológicos e autoritários do século XX colocaram em xeque a proteção da pessoa e fizeram a comunidade internacional retomar a reflexão a respeito da fragilidade humana. Em face destes regimes, o ministro Luís Roberto Barroso arguiu que o constitucionalismo democrático se constituiu como a grande ideologia vencedora. Em que pese a necessidade de reformas no Estado Brasileiro, não se pode admitir que os direitos que historicamente foram construídos, sobretudo os direitos fundamentais que visam tutelar a dignidade humana, sejam suprimidos e que a Constituição Federal sucumba em face da moral popular, do poder econômico e da política eleitoreira. 



Luiz Gustavo Tiroli (acadêmico de direito) - Londrina

***

HÁ 40 ANOS

Um cidadão esteve na Redação da FOLHA para reclamar que foi explorado na boate Step by Step, “onde tiveram a coragem de cobrar Cr$ 1.750 por um litro de Campari, que não custa mais de Cr$ 200”. Disse ainda que estava acompanhado de mais 5 pessoas e, portanto, na primeira rodada de bebidas, vieram 6 doses de San Rafael. Ao pagar a conta estavam registradas 14 doses. Para comprovar o que o leitor chamou de roubo, ele trouxe a nota fiscal especificada.  

OPINIÃO DO LEITOR - Constitucionalismo democrático, ideologia vencedora do século XX
Reprodução Folha de Londrina
 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:


Continue lendo


Últimas notícias