|
  • Bitcoin 143.386
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Opinião

m de leitura Atualizado em 14/05/2022, 07:53

OPINIÃO DO LEITOR - A marcha da insensatez entre ricos e pobres

PUBLICAÇÃO
sábado, 14 de maio de 2022

.
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Dando mostras que o Brasil chega a 95 milhões de pessoas sobrevivendo  na extrema pobreza, com o anúncio de que  no primeiro trimestre de 2022, 14 milhões passaram a integrar a linha da pobreza extrema, enquanto os quatro grandes bancos anunciam seus lucros com um amento de 14% em relação a 2021, chegando a R$ 25 bilhões. O Banco Central, que a cada mês aumenta a Selic, que agora está em 12,75, com isso produz um exército de pobreza, porque os pobres estão atolados em cartões de crédito, cheque especial e créditos consignados, gerando toda receita para os banqueiros que nadam de braçada, graças à ajuda do Banco Central, que não consegue segurar a inflação. Esse é o Brasil hoje, onde os 95 milhões de pobres se juntam aos 13 milhões de desempregados, e continua a máxima da economia: os ricos ficam mais ricos e os pobres ficam mais pobres. Pobre Brasil.

José Pedro Naisser (aposentado) Curitiba 

Os artigos, cartas e comentários publicados não refletem, necessariamente, a opinião da Folha de Londrina, que os reproduz em exercício da sua atividade jornalística e diante da liberdade de expressão e comunicação que lhes são inerentes.

COMO PARTICIPAR| Os artigos devem conter dados do autor e ter no máximo 3.800 caracteres e no mínimo 1.500 caracteres. As cartas devem ter no máximo 700 caracteres e vir acompanhadas de nome completo, RG, endereço, cidade, telefone e profissão ou ocupação.| As opiniões poderão ser resumidas pelo jornal. | ENVIE PARA [email protected]