O que foi dito NO PARANÁ ‘‘Vou entregar uma proposta para o secretário (da Segurança), mas é ele e o futuro delegado-geral que decidem tudo.’ - Marco Antonio Lagana (foto), delegado-geral provisório, comentando o trabalho que pretende iniciar para sanear a polícia civil do Paraná, atingida em cheio pelas denúncias de envolvimento com o crime organizado, ontem na Folha ‘‘O governo deveria investir na recuperação destas pessoas. Se isso não acontecer, o problema não será estancado.’ - Celso Russomano, deputado federal pelo PPB-SP, integrante da CPI do Narcotráfico, sobre a descoberta de que existem muitos policiais dependentes de drogas no Paraná, ontem na Folha NO BRASIL ‘‘A empurroterapia é tão grande que os medicamentos são a segunda causa de morte por intoxicação.’ - Antônio Barbosa, presidente do Conselho Regional de Farmácia do Distrito Federal, relatando um dos problemas que afetam o setor farmacêutico do País, ontem na Folha NO MUNDO ‘‘Pinochet voltou para que possa ser julgado. Se isso não acontecer, será uma vergonha para a nossa democracia.’ - Viviana Diaz, porta-voz do Grupo de Familiares de Presos Desaparecidos, criticando iniciativas do exército e da direita chilena para encontrar formas para que o ex-ditador Augusto Pinochet escape da lei, ontem na Folha