MEMÓRIA: Produção de café está comprometida


17 DE SETEMBRO DE 2007

Os produtores de café da região norte do Estado estão preocupados com a produção do café. A cultura passa pelo período de floração e, se não chover nos próximos dias, ficará completamente comprometida. ''Se não chover os chumbinhos (cafés pequenos) podem cair e daí a produção fica bem reduzida'', observou o produtor Edson César Augusto, de Centenário do Sul. Na propriedade dele, o café ainda não sofreu mais consequências com a estiagem porque tem sido tratado à base de muito adubo. Mas nas propriedades vizinhas, o cenário é desolador: as folhas estão amareladas e caindo. A florada de agosto, conforme Augusto, já foi bastante comprometida, mas ainda tem chance de se recuperar com um pouco de chuva. Entretanto, se os dias permanecerem secos, a florada que deveria se iniciar em outubro poderá ser completamente abortada.E, para não perder o café que acabou de ser plantado, Augusto tem feito irrigações por conta própria. ''Já fiz oito irrigações desde maio, quando plantei. Se não fizer assim, posso perder tudo que plantei'', contou.Segundo informações do Sindicato Rural de Centenário do Sul, que envolve ainda os municípios de Lupionópolis, Cafeara e Miraselva, 30% da florada de café, do mês de agosto, foi perdida por causa da estiagem.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo