MEMÓRIA: Campanha propõe deixar carro em casa


22 DE SETEMBRO DE 2002

A cidade de Londrina aderiu ontem à jornada brasileira ''Um dia sem meu carro'', campanha que acontece anualmente em 16 cidades de nove Estados brasileiros. A jornada coincide com a Semana Nacional do Trânsito (de 18 a 25 de setembro) e a Caminhada pela Paz (também realizada ontem) eventos propostos para conscientizar as pessoas sobre questões de saúde, poluição do meio ambiente, violência no trânsito, entre outros.Ontem a Avenida Dom Geraldo Fernandes, conhecida como Leste Oeste, ficou interditada para veículos das 15 às 21 horas. Não foi possível a passagem nem mesmo de veículos de serviço, como ônibus ou ambulâncias, e o espaço ficou reservado para um show musical com bandas da cidade, para que as pessoas andassem a pé ou de bicicleta e refletissem sobre a dependência que têm de seus veículos, muitas vezes sem necessidade.No Brasil a média é de 10 carros por habitante. Londrina, com 460 mil habitantes, segundo dados da CMTU, tem 170 mil veículos, dos quais 100 mil circulando diariamente, o que dá uma média 2.7 a 2.4 carros por habitante.Segundo o presidente da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) Wilson Sella, o projeto ''Um dia sem meu carro'' é mundial e tem objetivo de despertar nas pessoas a alternativa de usar ''racionalmente o carro e deixar de ser um escravo do automóvel.''

(Cláudia Barberato/ Reportagem Local)

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo