|
  • Bitcoin 102.789
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Opinião

m de leitura Atualizado em 18/06/2022, 00:00

MEMÓRIA - Estudante descobre parente no Império

PUBLICAÇÃO
sábado, 18 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

DIA 18 DE JUNHO DE 2005

Um Pereira, da Silva, Ribeiro, dos Santos, Carvalho, de Jesus, Vieira entre outros sobrenomes comuns pode esconder uma descendência famosa. Duvida? O estudante Jean Luis Gonçalves Marchese, 16 anos, despertou gargalhadas na classe ao afirmar que é parente do padre Diogo Antonio Feijó. O primeiro regente uno do Brasil é primo em segundo grau da tataravó da avó do estudante, ou seja, são parentes colaterais. Para comprovar a história, Jean levou à escola a reprodução de sua árvore genealógica, publicada na revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, em 1944. A descoberta surpreendeu o professor Thiago Paes de Menezes, que leciona história para a turma de Jean num colégio de Londrina. Segundo ele, o padre Diogo Antonio Feijó administrou o Brasil entre 1835 e 1837 no lugar de Dom Pedro II, que assumiu o trono com cinco anos de idade. (Betânia Rodrigues / Reportagem Local) 

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1