|
  • Bitcoin 149.467
  • Dólar 4,9096
  • Euro 5,1842
Londrina

Opinião

m de leitura Atualizado em 23/02/2022, 20:56

MEMÓRIA - Com ocupação máxima de leitos, MP pede novo lockdown

Pandemia de Covid-19 foi notícia em 2021

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

24 DE FEVEREIRO DE 2021

A  Ministério Público tenta novo recurso no Tribunal de Justiça do Paraná para vetar o funcionamento de segmentos considerados não essenciais, como bares, restaurantes, academias e templos religiosos. O pedido segue a primeira ação proposta pela promotora de Saúde Pública, Susana de Lacerda, de abril de 2020, quando o prefeito Marcelo Belinati (PP) começou a relaxar as normas de distanciamento social ao liberar a retomada do comércio de rua.

A promotora pede, em tutela recursal antecipada dirigida à desembargadora Maria Aparecida Blanco de Lima, que sejam suspensos dispositivos de decretos municipais que permitiram a retomada do funcionamento de bares e restaurantes - mantendo os serviços de entrega em domicílio ou para retirada -, o funcionamento de academias e de igrejas e templos religiosos.