Retomada
Passado o calor das eleições, com o retorno à rotina, a CPI do Narcotráfico retoma as investigações. Os deputados estaduais programam para o próximo dia 9 de novembro uma viagem para a Região Oeste do Estado. A CPI vai se dividir em duas equipes. Uma vai para Medianeira e outra para Foz do Iguaçu. Em Medianeira, os deputados pretendem investigar uma possível indústria que contrata pessoas para o transporte de droga. A CPI não quis divulgar os detalhes mas informou que na delegacia da cidade existem 70 mulheres presas que atuavam nesta área. Os deputados devem ouvir ainda um traficante internacional preso em Guaíra. Em Foz do Iguaçu, o pente-fino promete ser mais ‘quente’. A CPI volta a mexer num assunto indigesto: a lavagem de dinheiro. Os deputados acreditam que a lavagem é uma das formas utilizadas pelos narcotraficantes para legalizar operações.