Tropas federais
Os presidentes dos 15 partidos que apóiam a candidatura de Ângelo Vanhoni (PT) à Prefeitura de Curitiba estão pedindo auxílio de forças federais para garantir a eleição. Eles ajuízaram ontem requerimento ao presidente do TRE, Tadeu Costa, ao superintendente da Polícia Federal, Luiz Melzer, ao procurador eleitoral Sérgio Luiz Langowski, e ao comandante geral da PM, Guaraci Moraes Barros. Na avaliação do PT, que se sente
perseguido pelo PFL, há um clima de tensão muito grande na cidade. Segundo a oposição, o PFL estaria preparando uma megainvasão em Curitiba com pessoas contratadas pelo comitê do atual prefeito, as quais estariam caracterizadas como se fossem militantes do MST. Esses ‘‘falsos sem-terra’’ promoveriam desordem para assustar os eleitores curitibanos. ‘‘Estão querendo armar confusão na reta final para jogar a culpa no PT e em Vanhoni’’, acusa o PT.