|
  • Bitcoin 102.310
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Opinião

m de leitura Atualizado em 22/06/2022, 00:00

EDITORIAL - O aumento do consumo de podcasts

O aumento do consumo desse tipo de mídia parece ser muito mais que uma tendência temporária

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 22 de junho de 2022

Folha de Londrina
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Uma das grandes transformações dos últimos anos no mercado da comunicação foi o avanço dos podcasts, que parece ter caído no gosto da população em vários países e no Brasil não é diferente.  Pesquisa TIC Domicílios 2021, divulgada nesta terça-feira (21) pelo Cetic.br. e tema de reportagem nesta edição da FOLHA, apontou um aumento importante dessa mídia no país. Em 2021, 28% dos usuários ouviram esse tipo de conteúdo. Em 2019, essa proporção era de 13%. Isso representa um público de 41,2 milhões de pessoas, 23,5 milhões a mais que em 2019. 

O aumento do consumo de podcats parece ser muito mais que uma tendência temporária. O instituto de pesquisa e-Marketer apresentou uma estimativa no final do ano passado de que a audiência dos podcasts deve chegar a 23,5% da população mundial com conexão de internet até 2024. Isso significa que quase um em cada quatro internautas serão ouvintes de podcasts. Ainda segundo o instituto de pesquisa, em 2021 os Estados Unidos lideravam a audiência de podcasts de todas as categorias no mundo, com 40% dos usuários de internet fazendo parte da audiência.  

O aumento de conteúdo na língua portuguesa e o investimento das empresas de comunicação nesse formato é apontado como um dos fatores que contribuíram para que esse tipo de mídia ganhasse espaço entre o público brasileiro. A Folha de Londrina é um dos veículos que apostou em podcasts, tanto que no último dia 26 de maio lançou a série Banco dos Réus, em seis episódios, que conta a história de cinco crimes que abalaram Londrina em um período de 30 anos. 

Na próxima quinta-feira (23), será disponibilizado nas principais plataformas de streaming de áudio o quinto episódio que trata do caso da servidora da prefeitura Daniela Pergo, assassinada em 2029, com quatro tiros na cabeça, quando saia de casa para trabalhar. 

Nessa nossa era digital, o podcast  vem se apresentando como uma nova e eficiente forma de entregar informação e conhecimento. Em se tratando de um mercado em expansão, trata-se também de uma ótima opção para as marcas que desejam maior proximidade com o público.  

Lembrando das suas potencialidades, já que o acesso à internet cresceu bastante após a pandemia do novo coronavírus, esses números devem crescer nas próximas pesquisas. A TIC Domicílios 2021 mostrou que ao todo, 82% dos domicílios acessam a internet no Brasil. Em 2019, o índice era 71%. 

O estudo apontou também que o acesso à internet em domicílios rurais cresceu durante a pandemia. O índice passou de 51% das casas, em 2019, para 71%, em 2021. Nas cidades, o aumento foi menor, de 8 pontos percentuais, de 75% para 83%.

Ainda há muito o que melhorar em número de domicílios conectados e na qualidade do serviço prestado. O desafio está em baixar o alto custo do serviço e melhorar as limitações de acesso, que acabam por favorecer a desigualdade de conectividade no Brasil. 

Obrigado por ler a FOLHA!