Candidatos conseguem direito de resposta


Maria DuarteEquipe da Folha
Maria DuarteEquipe da Folha

Curitiba O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) publicou ontem sete decisões, todas do juiz Marcelo Malucelli em pedidos de direito de resposta.
Em duas, o deputado estadual Tony Garcia (PPB) conseguiu direito de resposta contra jornais que pertencem a Paulo Pimentel (PMDB), seu adversário na briga pelo Senado. O terceiro recurso foi julgado improcedente.
Já no pedido de Pimentel contra Garcia e o nanico PTC por propaganda ofensiva ao nome, imagem e honra do peemedebista, o juiz suspendeu a veiculação da propaganda e concedeu direito de resposta no horário do PTC.
O candidato a governador Alvaro Dias (PDT) conseguiu direito de resposta por informações consideradas ofensivas veiculadas no jornal Hora H e no site horahnews. Outra ação de Alvaro contra a Coligação Movimento Social Cristão foi considerada improcedente.
A Justiça Eleitoral concedeu ainda três liminares ontem. No pedido de direito de resposta pedido por Pimentel contra Garcia e o nanico PTC, foi suspensa a veiculação da propaganda em que o peemedebista é acusado de receber três aposentadorias. A propaganda veiculada no horário dos candidatos a deputado federal também foi suspensa.
Já em representação proposta pelo PMDB contra Garcia e PTC, a justiça concedeu liminar suspendendo a veiculação de qualquer propaganda do candidato ao Senado, mesmo que disfarçada, no horário reservado ao PTC. Garcia disse ontem que não tem nada a ver com as inserções, que são de responsabilidade do PTC. '

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo