|
  • Bitcoin 146.832
  • Dólar 4,9833
  • Euro 5,2153
Londrina

Opinião

m de leitura Atualizado em 22/04/2022, 20:11

As boas novas do campo

PUBLICAÇÃO
sábado, 23 de abril de 2022

Folha de Londrina
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

É do campo que vêm as boas notícias. Foi assim durante a pandemia, com o agronegócio mantendo o bom desempenho na produção e exportação de grãos, e a perspectiva é que seja assim também em outras frentes. A Folha Rural deste final de semana traz duas reportagens que atestam por que a vocação do Paraná para a agricultura é uma condição que deve ser cada vez mais valorizada e incentivada pelo setor produtivo. 

Agricultural harvester machine harvesting soybeans. Tapurah, Mato Grosso, Brazil. Agricultural harvester machine harvesting soybeans. Tapurah, Mato Grosso, Brazil.
Agricultural harvester machine harvesting soybeans. Tapurah, Mato Grosso, Brazil. |  Foto: iStock
 

Programa de fomento da atividade agropecuária por meio da subvenção da taxa de juros lançado em maio do ano passado, o Banco do Agricultor Paranaense já prestou auxílio a mais de mil produtores no Estado, com um total financiado de cerca de R$ 127 milhões. Exatos 1.068 produtores receberam R$ 28,4 milhões de subvenção para a sua produção. Números que justificam o aperfeiçoamento do programa para que atinja mais e mais agricultores paranaenses. 

A Fomento Paraná, instituição financeira de economia mista com capital social pertencente de forma majoritária ao Estado, é quem gerencia os recursos do programa. Em quase um ano de atividade do Banco do Agricultor Paranaense, o Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE) já recebeu repasses da ordem de R$ 72,8 milhões. Por meio desses recursos, o programa tem sido um importante instrumento que possibilita ao governo do Estado conceder subvenção econômica a produtores rurais, cooperativas e associações de produção, comercialização e reciclagem, e a agroindústrias familiares, além de projetos que utilizem fontes renováveis de geração de energia e programas destinados à irrigação, entre outros. 

LEIA TAMBÉM: 

FOLHA RURAL - Alimentos orgânicos já estão presentes em 62% das escolas estaduais
FOLHA RURAL - Banco do Agricultor já auxiliou mais de mil produtores no Paraná

Claro que conta para o sucesso dessa e outras iniciativas o fato de a Fomento Paraná manter convênios sólidos com o BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) e o Banco do Brasil, além de estar em processo de formalização de novas parcerias com a  

A outra boa nova do agro destacada pela Folha Rural tem a ver com a alimentação saudável dos alunos matriculados na rede pública de ensino do Paraná. Mais de 70% dos estudantes estão consumindo nas cantinas alimentos orgânicos e de base agroecológica, que já estão presentes em 62% das escolas estaduais. Em números absolutos, são 1.309 estabelecimentos de ensino de 315 municípios beneficiados atendendo a cerca de 700 mil alunos. 

O melhor disso tudo é que os alimentos, ricos em nutrientes necessários para o desenvolvimento dos adolescentes, é exclusivamente feito pelos agricultores familiares. Serão contratados diretamente da agricultura familiar R$ 120 milhões em alimentos para serem fornecidos nas escolas até 2023. 

O projeto impõe um desafio para que seja plenamente satisfatório: que chegue a todos os alunos inseridos na rede estadual de educação. Um compromisso assumido pelo Estado e que precisa ser cumprido.  

A FOLHA deseja um ótimo final de semana a seus leitores. 

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link