|
  • Bitcoin 111.230
  • Dólar 5,2259
  • Euro 5,4998
Londrina

EDITORIAL

m de leitura Atualizado em 29/05/2022, 17:55

A volta dos grandes eventos culturais

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 30 de maio de 2022

Folha de Londrina
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A agenda cultural deste fim de semana foi repleta de atrações no centro de Londrina. Pela primeira vez desde a flexibilização das medidas sanitárias, os londrinenses tiveram a oportunidade de conferir vários eventos de grande porte. 

A Orquestra Sinfônica do Paraná, que completa 37 anos este mês, atraiu um bom público à Concha Acústica, na noite de sexta-feira (30), com repertório voltado para os grandes clássicos da música sertaneja. Regida pelo maestro convidado Carlos Prazeres, a orquestra leva o espetáculo a diversas cidades do Estado. O objetivo é aproximar as pessoas da música orquestral.

No sábado, a Orquestra se apresentou no Cine Teatro Ouro Verde. Como os ingressos se esgotaram rapidamente, foi necessário abrir sessão extra para a mesma noite. Com a plateia lotada nas duas sessões, os londrinenses puderam assistir a execução de músicas de Beethoven e Bach. No final, além dos aplausos, o público cantou "Parabéns pra você" em homenagem à Orquestra.

Outro evento que chamou a atenção foi o Bibliocircuito 22 – A Vacina Antropofágica -, realizado pela Biblioteca Pública de Londrina entre sexta-feira (27) e domingo (29) e contou com programação especial de shows, palestras, exposição, cortejo e sarau antropofágico.

O comparecimento do público em grande número nos eventos é um alento e mostra a grande carência pelas atrações, gerada principalmente pelas restrições durante os períodos mais agudos da pandemia. Renato Forin Jr, um dos curadores do Bibliocircuito, comemora o resultado. 

Ele avalia que a resposta do público londrinense para um evento como este tem sido bastante positiva. “É um evento que tem a proposta de ocupar o prédio da biblioteca, que por si só é uma instituição municipal muito querida e histórica da cidade. Ocupamos não só o prédio, mas também o entorno. A proposta foi de tornar este espaço uma biblioteca viva de fato, a partir da dinâmica dos livros e da leitura e também de sua relação com as outras artes", explicou Forin.

É de grande importância a retomada da programação cultural, principalmente de atrações gratuitas, que democratizam o acesso à cultura. Em um mundo cada vez mais digital, o calor do público ainda se mostra fundamental na troca entre artistas e plateia.

Além da importância artística, o setor da economia criativa empregava mais de 830 mil profissionais antes da pandemia, a maioria vinculada aos 245 mil estabelecimentos dos segmentos criativos e o restante nos demais setores produtivos.

Obrigado por ler a FOLHA!