"Cidades Digitais" em 2015
Jacarezinho - O programa "Cidades Digitais" deverá estar implantado oficialmente até 2015 em Jacarezinho. Segundo o secretário de planejamento, Vicente Estanislau Ribeiro, o projeto inclui a implantação de aplicativos de e-gov nas áreas financeira, de tributação, educação e saúde, bem como a capacitação dos servidores municipais para o uso e gestão da rede. Outra ação do programa Cidades Digitais é a oferta de pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques e rodoviárias.

Saúde bucal em recém-nascidos
Arapoti – A carreta Odonto Sesc, que está estacionada há várias semanas no Chafariz do centro da cidade trouxe mais que atendimento odontológico para a população de Arapoti. Junto estão trabalhando profissionais especializados em educação preventiva, que realizam palestras nas escolas e para a comunidade em geral. Recentemente foi iniciado um trabalho com as gestantes do município. A primeira palestra sobre saúde bucal da gestante e de recém-nascidos e crianças aconteceu na Unidade Básica de Saúde da Vila Humaitá. Além das grávidas, participaram também as agentes comunitárias de saúde, responsáveis por difundir o conhecimento adquirido.

Imagem ilustrativa da imagem NOTAS
| Foto: Divulgação
Capacitação sobre inclusão
Ribeirão Claro - Professoras e equipes gestoras das escolas municipais de Ribeirão Claro participaram recentemente de uma capacitação sobre inclusão patrocinada pela Secretaria de Educação e Cultura. O curso foi organizado com o objetivo de abordar o tema "Inclusão, direito à diversidade" e contou com diferentes momentos: dinâmica motivacional realizada pela psicóloga Aline de Oliveira, pela psicopedagoga Maria Cristina Roberto e pela fonoaudióloga Maria Christina de Assis Landin Saad.



Controle de Zoonoses
Jaguariaíva - A implantação da Unidade Municipal Médico Veterinária em Jaguariaíva coloca o município em vantagem no Estado. Em funcionamento a pouco mais de três anos, a unidade oferece programas de controle de zoonoses, como as as campanhas para a aplicação gratuita de hormônios anticoncepcionais em cães e gatos fêmeas, atendendo à população de baixa renda e cadastrada em programas sociais. A ideia inovadora já foi copiada por municípios como Arapoti e Mallet. Neste período, os profissionais da unidade de Jaguariaíva já cadastraram nessas campanhas aproximadamente 700 animais.

Cadeiras de rodas
Cambará - O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro, Cisnorpi entregou recentemente, a primeira remessa de cadeiras de rodas, de banho e andadores para a secretaria de Saúde de Cambará. Ao todo, foram entregues 36 equipamentos que vão beneficiar 27 pacientes. Segundo o diretor de saúde, Cilso Oliveira, uma triagem feita pela Assistência Social permitiu o levantamento e cadastramento de todos os pacientes com necessidades especiais. De posse dos dados foi confirmado o pedido junto no Cisnorpi. Cilso explicou que a demanda por equipamentos desta natureza ainda é grande no município e que a entrega desta primeira etapa vai atender os casos emergenciais.

Coleta seletiva 1
Ribeirão Claro - Capacitar os servidores responsáveis pela coleta e processamento do lixo recolhido nas residências e estabelecimentos comerciais e Ribeirão Claro. Este foi o objetivo da reunião realizada na última semana pela secretária de Turismo, Meio Ambiente, Esportes e Lazer, Edilaine Cavalhiére Faganelli e o secretário de Obras, Antônio Carlos Chiarotti. Eles repassaram ainda as novas normas do governo federal a respeito da destinação de detritos. O prazo para a implementação das adequações venceu no sábado, dia 2, mas a prefeitura assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), comprometendo-se a iniciar o novo programa de coleta seletiva em outubro deste ano.

Coleta seletiva 2
Ribeirão Claro - Segundo o secretário de Obras de Ribeirão Claro, Antônio Carlos Chiarotti, com as adequações, a coleta de lixo orgânico será diária, enquanto o reciclável será recolhido alguns dias por semana. "A cidade será dividida por zonas, com dia e horários de coleta pré-definidos em um cronograma", explicou. "O termo era necessário para que o município tenha tempo hábil para terminar a última etapa e inicie a coleta seletiva dentro das novas normas em outubro", afirmou. "Essa trabalho será coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente e executado pela Secretaria de Obras", concluiu.