Vai faltar água em Cornélio Procópio
Londrina - A Sanepar comunica que, neste sábado, a paralisação no fornecimento de energia elétrica irá prejudicar o abastecimento de água em Cornélio Procópio. Faltará energia a partir das 13 horas, interrompendo também o fornecimento de água. A previsão é que o abastecimento de água seja normalizado por volta da meia-noite. A Sanepar pede a colaboração de todos e orienta para que a população utilize a água com racionalidade, evitando desperdícios. O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 115.

Município apoia Proerd
Jacarezinho - O Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd) tem recebido apoio da Prefeitura Municipal de Jacarezinho. No ano passado o município aprovou por unanimidade um projeto enviado à Câmara Municipal para a criação de uma Lei garantindo esse incentivo. A Lei 2.939/2013 determina no artigo 5º, que caberá ao município a aquisição de material didático (livro do estudante Proerd e certificado) para que o policial possa realizar suas aulas, como também os uniformes para os alunos assistidos usarem no dia de sua formatura.

Parque de Exposições
Bandeirantes – Serão iniciadas nos próximos dias, a segunda etapa da construção e finalização do Parque de Exposições e Centro de Eventos de Bandeirantes. A obra está sendo construída na região do bairro Bela Vista. Segundo o prefeito Celso Silva (PDT), o empreendimento contará com um espaço para a realização de eventos e arena multiuso. De acordo com o prefeito, com a conclusão do Parque de Exposições, o município ganhará um espaço adequado para diversas festividades técnicas e de lazer. Segundo o prefeito, os recursos já foram liberados pelo governo Federal.

Imagem ilustrativa da imagem NOTAS
| Foto: Divulgação
Educação premia leitores
Ribeirão Claro - A secretaria de educação e cultura premiou recentemente, os destaques da leitura nas escolas da rede municipal. O incentivo faz parte do convênio entre prefeitura, a secretaria e a empresa Laticínios Carolina. Os livros foram entregues recentemente pela secretária Cleuza Molini Ormeneze, pela chefe do Departamento de Educação, Tatiana Paschoal Chagas e pela coordenadora da Educação Infantil, Marina Vian Pioli. A premiação é uma forma de incentivar a leitura literária e valorizar os alunos que gostam de ler, assim como muitos familiares que se empenham em contar histórias e realizar leituras para as crianças, estendendo o hábito da leitura para além dos portões da escola. Segundo a chefe do departamento de educação, Tatiana Chagas, o incentivo dos professores e a participação dos pais foi essencial para despertar nas crianças a paixão pelos livros.



Curso de jardinagem
Cornélio Procópio – Foi realizado recentemente pelo sindicato dos Produtores Rurais de Cornélio Procópio e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/Pr) o curso de jardineiro, com destaque para a implantação, manutenção e técnicas corretas de formação de jardins com flores, gramados e outras plantas ornamentais. Cerca de 20 alunos participaram do curso. Segundo o presidente do Sindirural, Floriano Leite Ribeiro, apesar dos cursos viabilizados pelo sindicato possuírem uma vertente para a formação profissional rural, esse em especial teve como público alvo trabalhadores e produtores da área rural e urbana, com atividades ocupacionais nas áreas de saúde, vestuário, artigos domésticos, agropecuários, extrativismo, dentre outros.

Programa mais Educação
Assaí - A secretaria de Educação e Escolas Municipais de Assaí confirmou recentemente a adesão pela segunda vez ao Programa Mais Educação do governo federal. As escolas já receberam a primeira parcela referente ao plano de atendimento realizado via PDDE Interativo. As escolas beneficiadas foram Padre França Wolkers (R$ 37.450,00); Rotary Club (R$ 24.250,89); Princesa Isabel (R$ 29.969,60); Maria Mitiko (R$ 59.700,00); e (R$ 39.904,76). Por meio do projeto, os alunos voltam à escola em contraturno para participar de oficinas, como: dança, karatê, atletismo, leitura e produção de texto, matemática, teatro, tecnologias educacionais, artesanato, jardinagem entre outras. Cada escola escolheu as oficinas que atendem aos interesses dos seus alunos. Parte do recurso foi utilizado para a compra de materiais de apoio e o restante para pagamento dos profissionais que estão atuando no programa.