France Presse
De Londres
Cento e quarenta e dois passageiros do Boeing afegão, desviado há quatro dias para o aeroporto londrino de Stansted, aguardavam ontem sua transferência para um centro do serviço de imigração próximo a Gloucester, a Oeste de Londres. A notícia foi confirmada pelo Ministério do Interior.
Um avião que aterrissou sexta-feira, na base militar de Brize Norton (Oeste de Londres), para repatriar os ex-reféns que desejaram voltar ao Afeganistão – 37 pessoas – não tem ainda horário definido para decolar, de acordo com o Ministério.
Segundo uma porta-voz da Organização Internacional para as Migrações (OIM), Diane Grammer, encarregada da repatriação, o avião, que tem 300 lugares, pode continuar no Reino Unido até a semana que vem.
‘‘Não há outro avião para o Afeganistão. Assim, este não partirá enquanto não estivermos seguros de que todos os que quiserem regressar possam efetivamente fazê-lo’’, explicou.
Pelo menos 74 passageiros solicitaram o asilo político, mas este número pode aumentar, afirmou.