|
  • Bitcoin 144.201
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Mundo

m de leitura Atualizado em 23/02/2022, 16:24

Papa pede exame de consciência diante de crise na Ucrânia

Francisco afirmou que a situação no país é cada mais preocupante e fez apelo para que políticos evitem a guerra

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Folhapress
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

São Paulo - O papa Francisco lamentou nesta quarta-feira (23) a ameaça de guerra na Ucrânia, dizendo que considera a situação "cada vez mais preocupante", e fez um apelo para que os líderes envolvidos na crise examinem suas consciências antes de tomar ações que provoquem sofrimento. 

Alberto Pizzoli/AFP 

"Tenho muita dor no coração por causa do agravamento da situação na Ucrânia", disse Francisco Alberto Pizzoli/AFP 

"Tenho muita dor no coração por causa do agravamento da situação na Ucrânia", disse Francisco
Alberto Pizzoli/AFP "Tenho muita dor no coração por causa do agravamento da situação na Ucrânia", disse Francisco |  Foto: Alberto Pizzoli/AFP
 

 "Apesar dos esforços diplomáticos destas últimas semanas, temos diante de nós uma situação cada vez mais preocupante", disse, após sua audiência semanal. "Peço a todas as partes envolvidas que se abstenham de realizar ações que possam provocar ainda mais sofrimento aos povos." 

 O pontífice argentino lançou um apelo "a todos os que têm responsabilidades políticas para que façam um sério exame de consciência diante de Deus, que é um Deus de paz, e não de guerra", para que "sejamos irmãos, e não inimigos". 

 "Tenho muita dor no coração por causa do agravamento da situação na Ucrânia", disse Francisco, acrescentando que a paz está ameaçada por interesses partidários. 

 Francisco proclamou o próximo 2 de março, Quarta-feira de Cinzas, data que marca o início da Quaresma para os católicos, como "um dia de jejum e de oração pela paz" na Ucrânia. 

 Foi a segunda vez que o papa convocou um dia internacional de oração pela paz na Ucrânia. A primeira foi em 26 de janeiro. "Que a Rainha da Paz salve o mundo da loucura da guerra", pediu Francisco. 

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.